Capital da Maçã

Em um pacote de 11 novas leis, as primeiras sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro, sexta-feira, está a que confere o título de Capital Nacional da Maçã à cidade de São Joaquim, em SC (lei federal 13.790/19).

Foto: Divulgação


 

Sistema S

Com o respaldo das confederações filiadas, entre elas a catarinense Fiesc, a Confederação Nacional da Indústria tem um plano de enfrentamento contra a decisão do ministro da Fazenda, Paulo Guedes, de cortar entre 30% a 50% as bilionárias verbas para o Sistema S. A estratégia inicial é articular as entidades regionais para convencer seus parlamentares no Congresso. Se isso não for suficiente, vai para o Supremo Tribunal Federal.

Distância

Agora distantes do poder, os ex-governadores Pinho Moreira e Raimundo Colombo não devem se encontrar e nem se falar por um bom tempo. Há mágoas e ressentimentos dos dois lados. E agora não há ninguém por perto empunhando extintores de incêndio.

Petista no governo

Carlos Moisés está recebendo apelos para rever a nomeação de Tiago Savi Mondo para o comando da área estadual de turismo. Eleitores estão enviado a ele, como provas, manifestações explícitas de Savi contra Jair Bolsonaro em redes sociais, recentemente. Orlando Becker, que foi empresário na área de turismo e eleitor de primeira hora de Moisés, sugere ao governador levantar o histórico ideológico de seus indicados antes de bater o martelo.

Escárnio

Nosso Congresso Nacional precisa mesmo ser passado a limpo. Como vários deputados federais foram eleitos para governos no ano passado, assumiram 12 substitutos, ou suplentes, para permanecer no cargo somente neste mês de férias. Mas todos tem direito a salário de R$ 33,7 mil e mais R$ 111,7 mil para contratar assessores, entre outros benefícios.

Diplomacia

Filha do sempre memorável professor florianopolitano Alcides Abreu, falecido em 2015, a embaixadora do Brasil no Cazaquistão, Sara Donner Abreu, deverá ser nomeada pelo presidente Jair Bolsonaro para importante cargo no Ministério das Relações Exteriores, em Brasília. Só falta o ato, uma vez que a diplomata já está trabalhando no Palácio Itamaraty, lado a lado do ministro Ernesto Araújo.

Plantão

Durante o recesso do Congresso Nacional, iniciado em 23 de dezembro e que segue até 1º de fevereiro, funcionará a Comissão Representativa. Entre os sete senadores integrantes foram escolhidos os três catarinenses: Dário Berger (MDB-SC), Paulo Bauer (PSDB-SC) e Dalírio Beber (PSDB-SC). Tudo indica que terão serviço com o novo governo. Fala-se na possibilidade de haver convocação extraordinária.

Diferentes

O Instituto Datafolha levantou que 60% dos brasileiros são contra vender empresas estatais. O Instituto Paraná, em pesquisa para a revisto Crusoé, apontou que 53,3% apoiam a venda de todas ou parte delas, enquanto 41,5% foram contrários. Em qual delas confiar?

Cobrança

Atual coordenador de meio ambiente da poderosa Frente Parlamentar da Agropecuária no Congresso Nacional, o deputado Valdir Colatto (MDB-SC) já tem uma cobrança a fazer do novo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles: superar as inúmeras pendências do novo Código Florestal, em vigor desde 2012.

Exemplo

Na incivilidade em que vivemos hoje sempre há lugar para a civilidade. Um exemplo vem de Tubarão, onde sua Câmara de Vereadores aprovou projeto fixando multa mínima de R$ 142,29 para quem for flagrado jogando lixo em espaços públicos (quando o volume for igual ou menor a 250 mil centímetros cúbicos). Acima pode chegar a R$ 7 mil.

Tico-tico-no-fubá

Deve ser votado neste ano, já que ficou pronto nos estertores de 2018, interessante e prático projeto de lei determinando que a união estável poderá ser precedida de um contrato de convivência registrado em cartório. O objetivo é diferenciar a união estável do namoro “qualificado”, em que não necessariamente o casal tem interesse em constituir família. Assim, o contrato proposto deverá formalizar a existência ou não desse interesse, a fim de evitar disputas judiciais.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome