posts

CELEBRAÇÃO PARA COLOMBO

O PSD prepara um grande ato para marcar os mais de sete anos de mandato do governador licenciado Raimundo Colombo. Será dia 7, a partir das 10 horas, na Pousada Rural do Sesc, em Lages, um dia depois da renúncia ao cargo. São esperadas lideranças do PSD de todas as regiões catarinenses. No encontro ele pretende celebrar as conquistas do Estado desde que assumiu, em 2011. Destacará a decisão de não aumentar os impostos, mesmo diante da queda da arrecadação em razão da crise econômica, que garantiu a competitividade das empresas catarinenses e contribuiu para evitar o crescimento do desemprego. Lembrará que SC foi o Estado que mais gerou empregos com abertura de 29.441 vagas em 2017,  superando São Paulo, e afirmará que esse é o principal legado do seu governo. Justo. Colombo é pré-candidato ao Senado, de onde renunciou ao mandato para concorrer ao governo em 2010.


Refresco

Com a polêmica concessão do título de cidadão catarinense a Lula ainda fresquinha, a Assembleia Legislativa se prepara para entregar mais uma honraria do gênero. Será para a professora Clair Castilhos Coelho. É feminista, farmacêutica-bioquímica, sanitarista e professora aposentada da UFSC. Espera-se que seja no plenário, e não às escondidas, como foi a “sessão” com Lula, sábado passado.

Impunidade

Inacreditável. Em reunião na Secretaria de Estado da Segurança representantes do município de Pouso Redondo, de 14.800 habitantes, que fica às margens da BR-470, no Alto Vale do Itajaí, disseram que, somados, 28 pessoas que lá residem já cometeram 800 crimes nos últimos dois anos. Só um deles tem 75 e está em liberdade. Não há cadeia adequada e segura para ele ficar.

Em forma

Foto: Divulgação

  O que chama a atenção no candidato mais votado para reitor da UFSC, anteontem, é a idade do professor Irineu de Souza: 80 anos. O segundo colocado, Ubaldo Balthazar, tem 62. Os dois vão disputar o segundo turno para a Reitoria no próximo dia 11 de abril. Boas escolhas, sem dúvida. A prioridade de Irineu é melhorar a imagem da universidade perante a sociedade, que está seriamente desgastada.

Agenda legislativa

Na apresentação que fez anteontem na Assembleia Legislativa da Agenda Legislativa da Indústria 2018 – documento em que a entidade se posiciona sobre 43 projetos de interesse da indústria que tramitaram no Legislativo de maio de 2017 a 28 de fevereiro deste ano – o presidente da Fies, Glauco Côrte, destacou três importantes, aprovados: o salário mínimo regional, a destinação de parte do IPVA para a conservação de estradas e a criação de bolsas de estudo para a qualificação de professores.

Mais e menos

Professores e alunos, dançarinos profissionais e membros de grupos de danças da Udesc participaram de audiência pública na Assembleia Legislativa, quando pediram um aumento de 0,03% no duodécimo da instituição, para a criação de um curso de graduação em dança, na Capital. Um dos principais argumentos é que a Udesc recebe  R$ 455 milhões por ano, enquanto o Legislativo é contemplado com R$ 537 milhões. E sobra muito, apesar da conhecida gastança.  Tanto que acaba de comprar um prédio por R$ 83 milhões.

Iguaria proibida

Através de decreto assinado pelo prefeito Gean Loureiro, publicado terça-feira, foi regulamentada lei florianopolitana que proíbe a produção e comercialização de foie gras na Capital.  A multa é alta: R$ 500 mil, com apreensão de produtos e interdição do estabelecimento. “Foie gras” é um termo francês que significa fígado gordo, de um pato ou ganso que, superalimentado forçadamente, torna o órgão até sete vezes maior que o normal. O processo se dá em 17 dias até a morte do animal.

De plantão

Promotores de Justiça do Ministério Público estadual permanecerão em regime de plantão nesse feriadão, o que não tem sido comum. Embora não diga oficialmente, é para dar a cobertura necessária nas esperadas denúncias de ocorrências da famigerada e abominável farra do boi. Que não seja apenas uma encenação, como sempre, sem condenações.

Perda

A organização da Volvo Ocean Race que fica no QG em Alicante, Espanha, deve estar conversando com a parte local, em Itajaí, no sentido de que seja encaixada na próxima etapa uma homenagem póstuma ao velejador britânico John Fischer, 47 anos, do barco Sun Hung Kai/Scallywag, que caiu do convés durante a etapa entre a Nova Zelândia e Itajaí, na última segunda feira. Ele não foi mais encontrado. O barco chinês abandonou a regata nesta etapa e ainda não se sabe se continua até o final.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome