Hospital Imaculada Conceição já está com todas as equipes preparadas para atuar no combate à doença. Crédito: Vanessa Ruberti

A pandemia de COVID-19 pelo mundo tem revelado uma das virtudes mais nobres do ser humano – a solidariedade. Frente a um cenário de medo e incertezas, pessoas têm se unido em ações muitas vezes pequenas, mas que, somadas, tornam-se fundamentais no apoio ao enfrentamento da doença. Em Nova Trento, a comunidade também tem a chance de exercer este papel solidário em forma de doações de bens ou serviços às equipes de saúde do município, especialmente ao Hospital Imaculada Conceição.

A principal e maior unidade hospitalar do município está pronta para atender possíveis doentes de COVID-19 com todo o seu estoque de insumos, equipamentos e recursos humanos possível. Porém, precisa de doações de alguns itens que, caso o cenário ganhe maiores proporções, podem se esgotar. O principal deles são os chamados pijamas hospitalares, conjuntos largos de calça e blusa que são vestidos pelos profissionais de saúde para evitar contato com os pacientes.

Pijamas hospitalares são uma das principais necessidades do hospital de Nova Trento. Crédito: Vanessa Ruberti

O hospital possui estas vestimentas, mas dada a alta complexidade no atendimento a possíveis infectados por coronavírus, a troca do pijama hospitalar terá de ser ainda mais frequente para ampliação dos padrões de segurança. “Por isso, pedimos com muito carinho para ateliês, donos de empresas têxteis, costureiras, empresários do ramo de tecidos e comunidade em geral que nos ajudem com a doação deste conjunto, um recurso essencial para as equipes de saúde”, ressalta o diretor do hospital Maximillian Cardoso Sobrinho.

O conjunto de calça e blusa deve ser preferencialmente nas cores verde ou azul para facilitar a identificação das equipes de saúde.

Os tamanhos indicados são M, G e GG (veja tabela de medidas no final da matéria). Os tecidos podem ser mais grossos, a exemplo de sarja, oxford ou brim, mas o hospital também aceita tecidos inferiores.

“Às vezes, o empresário ou microempreendedor não utilizou um tecido que tem uma falha, uma pequena mancha, isso não importa para nós. É uma matéria-prima que pode dar vida a um conjunto. O que importa é termos um estoque mais significativo destes itens no hospital.”, acrescenta o diretor, que acredita que os neotrentinos darão uma resposta positiva a este pedido.

Além dos pijamas hospitalares, há outras formas de ajudar no combate à doença que listamos abaixo. Sempre lembrando que a Prefeitura de Nova Trento entende que o momento é de extrema dificuldade para as famílias, sobretudo financeira. Dessa forma, só deve colaborar com itens quem realmente puder e quiser, lembrando sempre que a ajuda primordial e acessível a todos é a de ficar em casa e manter as orientações de higiene.

Doações já iniciaram. Na última segunda, 23 de março, hospital recebeu 70 jogos de lençóis da Associação Beneficente Besenello. Foto: Divulgação

Quer ampliar sua solidariedade? Saiba outras formas de colaborar:

  • Doação de lençóis e fronhas: uma importante necessidade do hospital de Nova Trento devido à grande demanda. Preferencialmente em tons claros ou brancos, podem ser doados desde que tenham o tamanho de 1,90cm x 90cm.
  • Doação de talheres: Garfos, facas e colheres de metal e outros talheres em geral são outra necessidade. Estes itens precisam ser novos para respeitar as regras de esterilização a serem aplicadas pelo hospital. Qualquer quantidade é bem-vinda.
  • Ventiladores: Aparelhos que promovam circulação de ar são itens que também podem ser doados pela comunidade desde que em perfeito estado de funcionamento ou novos, não importando tamanho ou marca.
  • Álcool, máscaras e aventais profissionais de uso hospitalar: O hospital aceita doações de empresas ou pessoas que possuem estes recursos em larga escala. O álcool não precisa ser gel, mas com 70% de concentração. As máscaras precisam ser N95.
  • Oferecimento de quartos de pousadas e hotéis: Há profissionais de saúde que vêm de outros municípios de Santa Catarina para reforçar as equipes. As escalas de trabalho já estão adentrando nos períodos noturnos e muitos podem não conseguir um lugar para passar a noite. O oferecimento de quartos para o repouso destes profissionais é outra forma de colaborar com as equipes de combate à doença.
  • Doação de colchões: Quem considerar que possui um colchão no formato solteiro 1,90cm x 88cm passível de doação, será aceito pelo Hospital Imaculada Conceição.
  • Ajuda aos mais idosos: Fique de olho em idosos de sua rua que moram sozinhos. Ofereça-se para fazer compras de alimentos e remédios ou dar uma palavra de conforto mesmo à distância.
  • Generosidade e responsabilidade: Seja solidário e generoso. Encoraje as equipes de saúde. Cumpra as medidas solicitadas pelas autoridades. Ajude pessoas que estejam mais alarmadas ou frágeis.
  • Profissionais liberais: advogados, contadores e consultores podem divulgar e ajudar voluntariamente pequenos empresários nas ações a serem tomadas visando reduzir o impacto da paralisação de atividades entre empregadores e colaboradores.

Medidas de referência para confecção do pijama hospitalar no tamanho G:

Blusa (medidas em cm)

Precisa ter obrigatoriamente dois bolsos frontais Comprimento: 70 Busto: 64cm Costas: 53 Manga: 23 Punho:22 Quadril: 64

Calça (medidas em cm)

Precisa ter obrigatoriamente elástico e cordão para ajuste na cintura Comprimento: 96 Cinto: 100 Gancho frente: 30 Ganho costas: 36 Quadril: 112 Coxa: 64 Joelho: 58

OBS: Hospital necessita conjuntos nos tamanhos M, G e GG nas cores verde e azul

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome