Home topo

Com autorização do prefeito Tiago Dalsasso, estão sendo dados os primeiros encaminhamentos para que Nova Trento tenha um entreposto de mel para atender uma velha demanda dos mais de 60 apicultores do município.

A determinação do prefeito veio após uma visita de pequena comitiva, por ele liderada, a Botuverá, dia 17, concentrada na Associação de Apicultores (Apibo). O objetivo foi conhecer a estrutura da entidade e seu entreposto, após o Grupo de Apicultura Amigos das Abelhas (GADA), de Nova Trento, pedir apoio ao prefeito para estruturar algo parecido em Nova Trento.

Nesta semana, o responsável pelo escritório da Epagri em Nova Trento, o engenheiro agrônomo Victor Alisson Gomes, e a médica veterinária da Secretaria da Agricultura, Ana Luiza Sousa, visitaram a antiga escola municipal de Frederico, para fazer as primeiras avaliações do local, que o prefeito Tiago Dalsasso acha que pode ser um bom local para receber o entreposto e todos os equipamentos para processamento de mel.

Victor Gomes diz que há pequenos problemas de solução rápida e fácil, como a ligação de água (há rede no local) e modificações na estrutura física, que é de alvenaria, para receber os vários equipamentos. Os encaminhamentos seguem e serão dados na próxima reunião do GADA, dia 13. Já se pensa na ideia de constituição oficial da Associação dos Apicultores de Nova Trento, entidade de caráter jurídico que poderá receber aportes públicos para seu desenvolvimento, como é o caso da Apibo, de Botuverá.

De sua parte, o prefeito Tiago Dalsasso já fez um pedido de ajuda financeira no valor de R$ 250 mil, ao governo do Estado, através do secretário da Agricultura, o deputado Altair Silva, em recente visita a Nova Trento, há duas semanas. Silva deixa o cargo neste final de semana para concorrer à reeleição, mas prometeu que mesmo na Assembleia Legislativa cuidará pessoalmente da reivindicação neotrentina.

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome