SAIA JUSTA

Talvez, sem querer, o juiz Sergio Moro botou na parede os eminentes ministros do Supremo Tribunal Federal ao dizer na entrevista que deu segunda-feira ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que se condenados em segunda instância não forem presos, serão beneficiados não apenas 12 envolvidos na Lava Jato,  mas 102 outros, apenas na sua vara, em Curitiba. Dentre eles sonegadores, traficantes e até pedófilos. Uns destes de SC.


Alarme

Contam as folhas que no giro da caravana de Lula por SC, os petistas ficaram alarmados em Chapecó, quando o ex-prefeito de São Paulo,  Fernando Haddad, que estava no palanque com Lula, avistou uma igreja com torres e perguntou. “Alguém vistoriou?”. Diante da negativa, rebateu: “Estão brincando!”. Não esperava que os ovos mirando o ex-presidente viriam, voando, do alto de um prédio próximo.

Ressentimentos

Da deputada estadual Ana Paula Lima (PT) em resposta ao colega Maurício Skudlark (PR), autor de projeto que propõe revogar o título de cidadão honorário de SC dado sábado ao ex-presidente Lula: “Ciúme de homem é uma coisa triste; a caravana de Lula arrastou multidões, levou amor, fez homens e mulheres chorarem num belíssimo ato que aconteceu na capital do Estado”.

Estrada federal

Dissipada uma neblina inoportuna, o Senado aprovou  terça-feira projeto que torna federal a rodovia entre os municípios de Bom Jesus, no Rio Grande do Sul, e  Bom Retiro, em SC. São 161 quilômetros da estrada conhecida como “Rota das Neves” por interligar a Serra Gaúcha com a Serra Catarinense. O percurso reduz em cerca de 120 km a ligação entre as duas regiões. O projeto vai à sanção presidencial.

Esqueletos

Aos poucos, e já mais solto, o governador em exercício, Pinho Moreira, ousa criticar mais abertamente seu antecessor licenciado. Em entrevista a uma TV da Capital lamentou que quando assumiu os estoques de medicamentos da Secretaria da Saúde estavam em  apenas 20% de sua capacidade e que em poucos dias foi possível aumentar para 40%. Pelo que diz, Pinho Moreira parece ter vindo de Marte e não ter pertencido ao governo que agora comanda.

Medicina

Na sessão de segunda-feira, o Conselho Estadual de Educação aprovou resolução autorizando a criação de mais um curso de Medicina em SC. É o da Unifebe, de Brusque.

Desburocratização

Não há mal nenhum em vereadores de SC copiarem, para aplicar aqui, um oportuno projeto de lei aprovado na Câmara de Porto Alegre, que dispensa o reconhecimento de firma e a autenticação de cópia dos documentos expedidos no país que sejam destinados a fazer prova em órgãos e entidades da administração municipal, direta e indireta. Caso venha a haver dúvida fundamentada quanto à autenticidade, poderá então ser exigida a exibição do documento original ou a cópia autenticada. Pudera: em Porto Alegre há 41 tipos de diferentes processos administrativos em que são exigidas cópias autenticadas.

Mais tempo

O Ministério Público Federal em Florianópolis pediu mais 90 dias  para concluir inquérito da Operação Ouvidos Moucos, que investiga supostas irregularidades na gestão da UFSC. Como foi transferida para Sergipe, o caso saiu do comando da delegada da Polícia Federal Erika Marena e foi para o delegado Nelson Napp. O caso está ganhando contorno de novela.

Notícia rara

Notícia rara a que segue, já que, lamentavelmente, em poucas cidades de SC há tal percepção: a prefeitura de Jaraguá do Sul conseguiu autorização do Legislativo para criar um parque municipal ambiental localizado no bairro Três Rios do Sul, vizinho ao Centro da cidade, com 212 mil m2 de área, dos quais 160 mil de mata preservada. Cerca de 44 mil m2 se destinarão a atividades diversas. Não há necessidade de gastar um centavo com indenizações.

Retorno

O governo do Estado está investindo R$ 4,7 milhões para sediar a regata Volvo Ocean Race, com a expectativa de um retorno superior a R$ 82 milhões, valor contabilizado na última edição. As sete embarcações participantes partiram no penúltimo domingo de Auckland, na Nova Zelândia, e já estão vindo em direção a Itajaí, na perna mais longa e difícil da maior regata de volta do mundo. A expectativa é de que os primeiros marinheiros desembarquem em SC dia 8 de abril, após vencer 7,6 mil milhas náuticas (14 mil quilômetros).

Deixe um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome